5 lugares para implementar o storytelling em marketing

5Sitios_Storytelling_850

A maioria das pessoas detesta vendas e tem bons motivos para tal. A ideia de incomodar alguém, tentando convencer a pessoa a comprar algo que, provavelmente, não lhe interessa e nem sequer conhece é repulsiva para muita gente.

No entanto, vender é essencial para o negócio, o negócio é essencial para fazer dinheiro e ganhar dinheiro é essencial na vida. Segundo estudos recentes, vender pela Internet é mais fácil, mas é algo que exige uma estratégia.

A questão é então a seguinte: como podemos vender mais sem incomodar as pessoas? A verdade é que há muitas companhias que não se apoiam nas táticas da venda direta para crescer. Em vez disso, aprendem a utilizar o storytelling em seu benefício.

O storytelling permite aos negócios criar lealdade e confiança, ao mesmo tempo que também vendem. O storytelling abre-nos a porta para uma ligação entre nós e os nossos potenciais clientes. Mas o melhor de tudo é que elimina a necessidade de táticas spam de marketing e grandes descontos.

Então, se está disposto a fomentar a fidelidade e a confiança e a aumentar a sua base de clientes ao mesmo tempo, talvez seja boa ideia considerar incluir o storytelling. A seguir, vamos ver cinco lugares onde pode começar a usar o storytelling nas suas campanhas de marketing.

1.- Nas redes sociais

O storytelling não tem de ser um conto escrito ou gravado com um início, clímax e desenlace na mesma peça. Em vez disso, pode ser uma história contínua sobre o estilo de vida e as pessoas que a sua companhia ajuda ou apoia.

Um exemplo disto seria utilizar o Instagram para publicar imagens de pessoas reais e dos seus estilos de vida em que se faça uso dos seus produtos e serviços. O objetivo não é necessariamente vender o seu produto ou serviço, mas ajudar as pessoas a descobrirem o estilo de vida que a sua marca promove, com o qual se identifica e ajuda as pessoas a alcançar.

Tenha noção disso ou não, os seus clientes têm um determinado estilo de vida e têm certas crenças em comum, pelo que publicar imagens e vídeos que suportem esse estilo de vida e reforcem esses princípios comuns pode encetar o longo caminho para a criação da fidelidade.

Assim, use o storytelling nas redes sociais em forma de imagens, vídeos e stories para ajudar as pessoas a identificarem-se com a sua comunidade.

2.- No seu blogue

Às vezes, o storytelling é apenas isso mesmo, contar uma história. Pode ser a história de um cliente satisfeito ou pode ser a história de como começou o seu negócio. Também pode simplesmente usar as histórias como uma maneira de tornar as entradas do seu blogue mais interessantes.

Encontramos amiúde professores que recorrem a histórias para explicar algo ou para introduzir um tema que estejam a ensinar. O mesmo conceito pode ser aplicado neste contexto para tornar os artigos do blogue muito mais divertidos.

3.- Na secção “sobre nós” na sua página de Internet

As secções “sobre nós” de alguns negócios costumam ser entediantes. Sabe ao que nos referimos, àquelas empresas que falam do que fazem, de há quanto tempo estão no ramo, da sua inegável superioridade em relação à concorrência, etc.

Se quer realmente entreter as pessoas e deixar uma impressão duradoura, deve usar essa secção para contar a sua história. Bem vistas as coisas, a sua história é a única coisa que o diferencia dos outros e contá-la na sua secção “sobre nós” pode causar uma boa impressão.

4.- No seu e-mail marketing

Quando se lança um novo produto, de modo geral, enviam-se e-mails com as características e as vantagens do produto. Pode utilizar o storytelling para contar histórias relacionadas com o produto.

Por exemplo, se for lançar cursos de criação de software, pode enviar e-mails com histórias de como outras pessoas usaram esses cursos para construir os seus negócios. Nessas histórias, pode falar de como essas pessoas ultrapassaram obstáculos e objeções para criar um negócio e assim mudar as suas vidas.

Consequentemente, a pessoa que lê essas histórias poderá ver o valor do produto que está a vender e ultrapassar os seus próprios obstáculos internos e objeções ao ver como outras pessoas enfrentaram as mesmas coisas e conseguiram ter êxito.

5.- Na sua publicidade

A publicidade pode ser cara, dependendo de onde esteja, pelo que muitos negócios preferem tentar ser diretos nos seus anúncios. Descrevem o que fazem numa única frase, talvez mencionando as vantagens que oferecem e mostrando a sua chamada à ação.

Porém, a publicidade pode ser mais poderosa quando inclui histórias. Um exemplo disto pode ser a secção “casos de sucesso” da página de Internet, que ao ser promovida no Facebook e noutras plataformas online pode ser uma forma eficaz de fazer publicidade.

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
Bejob_profesiones_850
Novos perfis emergentes para a transformação digital

A transformação digital é um processo de mudança constante que afeta diretamente vários setores. Isto impulsiona as empresas a adotar...

Cerrar