Aulas hospitalares e as TIC

Montessori Kindergarten Preschool Classroom

Criar uma página de Internet a propósito da Copa do Mundo de futebol de 2014 foi um projeto interessante com o objetivo de aproveitar e reconhecer os aspetos educativos do evento.

Poderia ter sido apenas outra tarefa para que docentes e alunos aprendessem através da utilização das TIC. Mas, como acontece com muitas atividades na nossa vida, os resultados obtidos foram inesperados, precisamente graças ao grande alcance que a tecnologia permite. Esta página de Internet, Santillana te acompaña en el Mundial (A Santillana acompanha você na Copa do Mundo), foi utilizada por várias escolas hospitalares da América Latina como uma ferramenta para a aprendizagem de crianças doentes. E foi assim que descobrimos a importância que as TIC têm nestes contextos.

Montessori Kindergarten Preschool ClassroomMas o que são as aulas hospitalares? De acordo com esta página, são “as unidades escolares que surgem dentro de um hospital, com o objetivo principal de dar apoio escolar às crianças hospitalizadas e, ao mesmo tempo, prevenir e evitar a possível marginalização que, por causa de uma doença, a criança hospitalizada pode vir a sofrer.”

Estas escolas ou aulas estão localizadas dentro de um centro hospitalar e estão dirigidas a crianças que sofrem de diversos tipos de patologias. A aula deve ser um espaço aberto e flexível, atento às necessidades da criança hospitalizada. Os professores e professoras que trabalham nestas escolas devem ter em conta todas as circunstâncias que rodeiam a criança hospitalizada: angústia, ansiedade, desmotivação, tédio, tristeza… Um objetivo importante é a criação de um ambiente propício ao intercâmbio de experiências entre os diferentes alunos hospitalizados e que, além disso, relegue para segundo plano a solidão e o isolamento a que a criança está sujeita.

Assim sendo, estes espaços colocam em ação tanto os princípios da aprendizagem ubíqua como da inovação educativa de uma perspetiva de atenção personalizada. As necessidades de trabalho com base na motivação, no tempo descontínuo, na diversidade de espaços e na personalização do ensino fazem com que a tecnologia potencie estas situações de aprendizagem.

Alguns dos contributos das TIC para o ensino que se aplicam de forma fundamental neste contexto são: a flexibilização, a individualização do ensino, a interatividade e a interligação dos participantes na esfera educativa, a adaptação dos meios às necessidades e características dos envolvidos e a possibilidade de ajudar os alunos e os docentes a comunicar e a interagir com o seu ambiente envolvente.

As atividades propostas na página Santillana te acompaña en el Mundial traduziram-se numa nova oportunidade de aprendizagem com alunos hospitalizados nas seguintes instituições:

Aprendo contigo

Programa educativo e recreativo que permite que as crianças que veem a sua escolarização impedida por motivos de saúde possam ter acesso a ela através de aulas hospitalares.

El aula de los sueños

Associação civil sem fins lucrativos, dedicada à investigação, reflexão e formação profissional de docentes na área da pedagogia hospitalar. Através da atenção educativa, promove a continuidade escolar de crianças e adolescentes com problemas de saúde, em situação de hospitalização e/ou tratamento médico.

Fundação Carolina Labra Riquelme

Organização sem fins lucrativos cujo propósito é a implementação, manutenção e promoção de escolas hospitalares no Chile.

Semillas del corazón

Associação não governamental constituída por uma equipe multidisciplinar que desenvolve diversas atividades em prol da difusão e da promoção dos direitos educativos de meninos, meninas e jovens em situações de doença.

Escuela Hospitalaria Nº 1

A Escuela Hospitalaria N° 1 funciona dentro do Hospital Pediátrico Ricardo Gutiérrez da Cidade Autônoma de Buenos Aires.

Hospital Simón Bolívar

A escola hospitalar do Hospital Simón Bolívar pertence ao programa de educação inclusiva “Aulas Hospitalarias” da cidade de Bogotá.

Em todos os casos, estas atividades do projeto da Santillana foram escolhidas por atraírem a atenção dos alunos, por lhes proporcionarem informação, por estimularem o uso de conhecimentos e competências e por fortalecerem a vontade de aprender em contato com a tecnologia.

A inclusão das TIC na educação tem um forte impacto sobre todos os âmbitos da aprendizagem e elas têm-se tornado, cada vez mais, numa ferramenta poderosa nas aulas hospitalares, onde o contexto afetivo e a atenção personalizada são os pilares da aprendizagem. Muitos especialistas em educação e na tecnologia estão trabalhando e investigando nesta linha, sendo que alguns participam ativamente no Twitter através das suas contas:

Pia Cardone @BovePia

Melania Ottaviano @melaniao

Carina González @carina211

Sylvia Riquelme @rectora_brs

Liliana Moreno @lilianamoreno

María Paz Prendez Espinosa @pazprendes

Linda Castañeda @lindacq

Jenny González @jennygonzalez79

Nilda Palacios

Diretora de Conteúdos Digitais da Santillana Argentina

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
stormboard
Como manejar uma sessão de geração de idéias com o Stormboard em 4 simples passos

Vivemos num processo de constante transformação generalizada que nos obriga a nos reinventarmos quase todos os dias. Por isso, quero...

Cerrar