Avatares de uma imigrante digital #12

Ana_logica_Cabecera_850

.Os perigos do «corta e cola»

– Hoje, despediram um colega da equipe por fazer plágio – disse Ana, um pouco abatida.

– Caramba! O que fez ele?

– Somos pagos para «criar» conteúdos numa página de Internet, certo? Bom, parece que há pessoas que não devem muito à inteligência e que se dedicam a copiar daqui e dali, a ver se cola.

– Ufff, há muito disso na Internet. Quando fazemos uma busca sobre um qualquer tema, aparecem páginas ao pontapé em que se faz exatamente a mesma coisa. Até os erros copiam!

– Mas o que é feito do exercício da criação? Qual é o interesse de copiar o que os outros inventaram?

– O interesse é, por exemplo, fazer uma página de Internet bem completa com o trabalho dos outros. O que você acha? Vou-lhe confessar uma coisa: uma vez, fui maldoso e decidi ter uma pequena vingança. Difundi uma notícia falsa e bem suculenta no meu blog. Empenhei-me muito em incluir alguns erros. Um par de dias depois, desmenti-a e apaguei-a, mas os plagiadores não tinham perdido tempo. Ainda hoje pulula por algumas páginas, sem terem mudado uma vírgula e, veja só, até com os seus belos erros de ortografia.

– É isso que não me entra na cabeça. Uma coisa é citar alguém, incluindo a fonte, claro. Ou pegar numa ideia e desenvolvê-la.

– Não lhe entra na cabeça porque você pode ter muitos defeitos, mas em honestidade ninguém lhe ganha.

– Ai sim? E quais são os meus defeitos, seu simpático?

– Isso é melhor falarmos em privado. Aqui há muita gente a ler-nos, sabe?

-


Siga as histórias de Ana Lógica.

Já todos nos perdemos alguma vez neste novo e mutável mundo digital tão repleto de tecnologia. Descubra através da Ana como todos estes avatares vão afetando uma personagem totalmente analógica que, de repente, se vê envolvida em todo este mundo cibernético.

Se se identifica com Ana, basta enviar-nos a sua confissão escrevendo o seu comentário no final da página.

Ver mais capítulos

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
Live blogs, Televisión y redes sociales
A digitalização da televisão: como se faz

Um canal de informação televisivo não é mais apenas um canal. Deve assumir que tem à sua frente um público...

Cerrar