Como identificar notícias falsas em 10 passos, segundo o Facebook

FakeNewsFacebook_850
Visto 298 veces

A rede social Facebook está a levar muito a sério a distinção entre notícias falsas e verdadeiras, chegando a publicar todas as medidas que toma em relação à sua página. O facto é que as fake news ou notícias falsas estão a introduzir-se nas redes sociais como se fosse um vírus e com diferentes intenções de manipulação. A verdade é que, ao contrário daquelas em que se nota descaradamente que são falsas, algumas têm uma estrutura e um estilo informativo que torna difícil determinar a sua autenticidade. O Facebook tomou a iniciativa de elaborar um decálogo a ter em conta para que sejamos mais eficazes a distinguir as fake news das que não o são:

1.- Não confie nas manchetes. Normalmente, este tipo de notícias têm manchetes chamativas em maiúsculas com pontos de exclamação. Se o título contiver afirmações chocantes que pareçam inverosímeis, o mais provável é que sejam falsas.

2.- Examine o URL. Um URL falso o que copie um real pode indicar que se trata de uma notícia falsa. Muitos dos sites de notícias falsas imitam fontes de notícias autênticas fazendo pequenas alterações no URL. Pode ir à página de Internet para comparar o URL com as fontes oficiais.

3.- Investigue a fonte da notícia. Certifique-se de que a história provém de uma fonte fidedigna, que conte com uma boa reputação pela sua fiabilidade. Se o artigo vier de uma organização desconhecida, consulte a secção de informações da página de Internet para conhecer mais pormenores.

4.- Preste atenção ao formato. Muitos sites de notícias falsas têm erros ortográficos ou um design estranho. Se detetar algum destes indícios, leia com atenção.

5.- Preste atenção às fotografias. As notícias falsas costumam conter imagens ou vídeos manipulados. Por vezes, a fotografia pode ser autêntica, mas retirada do seu contexto. Pode pesquisar a fotografia ou a imagem para verificar a sua procedência.

6.- Verifique as datas. As notícias falsas podem ter uma cronologia sem sentido ou incluir datas que tenham sido alteradas.

7.- Verifique os factos. Verifique as fontes do autor para confirmar que são exatas. Se não tiverem provas ou caso se baseiem em especialistas cuja identidade não é revelada, é possível que a notícia seja falsa.

8.- Consulte outras notícias. Se não houver outra fonte informativa a dar a mesma notícia, é possível que seja falsa. Se, por outro lado, várias fontes em que confia derem a mesma notícia, é mais provável que seja verdadeira.

9.- A notícia é uma brincadeira? Por vezes, é difícil distinguir as notícias falsas do humor ou da sátira. Confirme se a fonte da notícia é conhecida pelas suas paródias ou se os pormenores e o tom da história sugerem que esta tenha sido escrita com fins humorísticos.

10.- Algumas notícias são falsas de forma deliberada. Mantenha uma postura crítica quando estiver a ler uma notícia e partilhe apenas as que julga serem credíveis.

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
Social network, Chating and messaging concept, Closeup woman han
As melhores alternativas ao WhatsApp

A aplicação de troca de mensagens mais utilizada, o WhatsApp, é já omnipresente em todas as nossas comunicações, tanto públicas...

Cerrar