El ebook reinventa los folletines por entregas

folletines

Tal era a curiosidade que despertavam os folhetins por entregas nos jornais do século XIX que os leitores americanos de Dickens ficavam esperando no porto de Nova Iorque que chegassem os barcos carregados com os novos capítulos de modo a ficarem a conhecer a continuação ou desenlace da trama. Da pena de Dickens, Dumas, Stevenson, Tolstoi, Victor Hugo, Salgari ou, em Espanha, de Benito Pérez-Galdós, surgiram grandes histórias que prenderam os leitores e popularizaram a leitura. O “continua” destas histórias deu origem às radionovelas do século XX, às telenovelas, às minisséries e, atualmente e com a ajuda da Internet, aos romances serializados em formato eletrónico.

É nos Estados Unidos que está renascendo, em formato digital, o consumo serializado de obras literárias. A primeira editora a publicar neste formato foi a Plympton, com a apresentação de obras de ficção extensas compostas por outras mais pequenas que o leitor recebe em forma de atualizações. A Amazon decidiu reinventar este conceito com o lançamento de Kindle Serials, que permite que o leitor do seriado realize um único pagamento, ao comprar o primeiro capítulo, e posteriormente vá recebendo automaticamente as entregas seguintes no seu ereader, à medida que vão sendo publicadas. De momento, há nove títulos disponíveis na Loja Kindle.

Neste mesmo contexto, o escritor peruano Santiago Roncagliolo recuperou este formato literário com Óscar y las mujeres”(Alfaguara), cujos cinco primeiros capítulos estão já disponíveis nas principais plataformas de comércio eletrónico. Todas as quartas e sextas-feiras, os leitores podem descarregar uma nova entrega até completarem as nove previstas, a um preço de 0,99 euros. Deste modo, podem ler o livro antes de este chegar às livrarias em formato físico, no dia 20 de fevereiro, data em que também se comercializará o e-book completo a um preço de 9,99 euros.

A edição digital seriada de “Óscar y las mujeres”, um romance sobre o mundo das telenovelas, permite que este seja lido como se estivéssemos falando dos capítulos de um seriado de televisão. O seu preço baixo e o seu formato, adaptado à leitura em telefones celulares, fazem com que a ficção por entregas esteja causando furor entre os leitores. Uma amostra do êxito que esta iniciativa tem tido é a comoção que tem gerado nas redes sociais e o acolhimento por parte da imprensa.

Seguindo esta tendência de oferecer conteúdos exclusivos aos leitores em formato e-book, a Alfaguara Juvenil também publicará por entregas o romance “Y por eso rompimos”,uma história sobre o amor e as relações pessoaiscujo primeiro episódio poderá ser descarregado gratuitamente no Dia de São Valentim.

Iría Álvarez

Gerente Digital PRISA Ediciones / Santillana Negocios Digitales

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
La vida digital del papel

The Tokyo Shimbum é um jornal japonês que tem a perfeita noção de que os jornais em papel não vão...

Cerrar