O Funil da Formação em Digital

embudo

Há pouco mais de 3 anos ocupava o cargo de Diretor de Marketing e Clientes do Canal+ e Digital+.  Através de uma curva de aprendizagem à base de tentativas e erros, tínhamos desenvolvido uma operação de marketing digital que já gerava 25% da captação da empresa. Nessa altura, para consolidar e fazer crescer esta atividade, tinha de contratar um profissional do meio digital capaz de interpretar o negócio e a tecnologia. Já estava procurando esse perfil há 3 meses sem sucesso (só encontrava técnicos especialistas de uma área de Internet muito concreta sem uma visão transversal do negócio digital), quando recebi um telefonema de Íñigo Onieva*, Diretor de Marketing da NH Hoteles. Íñigo comentou que o seu responsável do negócio online tinha saído da empresa, e que não encontrava ninguém com esse perfil, nem pagando o dobro, e perguntou se eu conhecia alguém que tivesse um conhecimento integral de negócio e Internet. Dois dias mais tarde, me reuni com Alessandro Lambertini**, nessa época Diretor de Marketing da Telepizza, que comentou que havia dado luz verde para a venda online de pizzas, e que estava procurando um diretor para gerenciar essa operação.  “Nacho,  você não conhecerá ninguém que eu possa encaixar nessa posição?”

Nesse momento se fez um clique. Se tornou evidente um gap estrutural. Por um lado, a necessidade urgente de digitalização das empresas espanholas, que procuram profissionais capazes de gerenciar negócios na Internet. Mas, por outro lado, a escassa oferta de profissionais transversais que possam interpretar todas as peças do puzzle do negócio digital.

Um grupo de pessoas de áreas diferentes da Internet pensámos que é possível abrir esse funil através da formação, e decidimos criar o ISDI: inicialmente, uma escola de negócios para formar profissionais e empreendedores digitais, e a longo prazo todo um ecossistema digital com a missão de gerar competitividade digital para a Espanha.  Em março de 2009 lançámos o MIB (Master de Internet Business), os primeiro mestrado sobre negócios digitais no nosso país, lecionado pelos melhores profissionais de Internet (mais de 110 professores por curso) e com um enfoque prático e experimental.

Tudo se passou muito rápido (os anos da Internet são como os dos cachorros: valem por 7): há dois anos passei a ser um funcionário da Prisa que trabalha fora da Prisa, e passei a ocupar o cargo de CEO do ISDI.  Hoje, o MIB já está formando o seu terceiro curso e encerrando as inscrições do quarto, e está presente em Madrid e Barcelona com 120 alunos por edição. Quase 300 MIBers passeiam o seu otimismo digital pelas empresas da Espanha.  O ISDI continua lançando programas formativos e iniciativas para desenvolver o ecossistema de Internet para profissionais, empreendedores, empresas e empreendedores.

Parece ainda que a teoria de abrir o funil através da formação está funcionando: 22% dos alunos que fazem o curso lançam uma startup em menos de um ano, 36% acedem a profissões digitais dentro ou fora das suas empresas.

Nacho de Pinedo, Otimista Digital, CEO do ISDI

*Hoje, Íñigo continua na NH e é professor de Plano de Marketing Digital no MIB.

**Alessandro se tornou empreendedor fundando Vitalista, um sítio de ecommerce de que é sócio o fundo de Business Angels do ISDI.

2 Comentarios

  • avatar Canal Caracol en Vivo 10 setembro, 2012

    muy buenas acabo de enterarme de tu blog y la verdad es que me parece genial no sabia de mas personas interesadas en estos temas, aqui tienes un nuevo lector que seguira visitandote abitualmente.

  • avatar sol sobrino 12 junho, 2012

    Para Roberto por si le interesa.
    Bss, Mariví

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
WiiU
Experiência Virtual com a nova Nintendo Wii

Esta semana, teve lugar em Los Angeles a Exposição de Entretenimento Eletrónico, a E3. Neste evento, a Nintendo apresentou a...

Cerrar