O novo poder do livro em papel

Se é utente habitual dos transportes públicos, já deve ter reparado que é cada vez mais difícil encontrar um passageiro com um livro de papel nas mãos. Os novos formatos digitais têm vindo a ganhar terreno e a leitura em suporte tradicional começa a ser minoritária, apesar das vantagens defendidas pelos mais nostálgicos, que vão de sentir o aroma e o toque das páginas até à possibilidade de emprestar os nossos títulos preferidos, passando pelo facto de que um livro em papel nunca nos deixa na mão no momento mais emocionante porque a sua bateria está sempre carregada a 100%.

Conscientes de tudo isto e de o facto de os brasileiros lerem apenas, em média, dois livros por ano, a editora L&PM realizou uma curiosa ação em São Paulo com o objetivo de promover os hábitos de leitura no metro e, ao mesmo tempo, dar um novo poder ao papel. Concretamente, durante um dia útil, foram distribuídos 10.000 exemplares de 10 romances diferentes que também podiam ser utilizados como bilhete para este meio de transporte (com 10 trajetos gratuitos). Não perca a reação dos passageiros no vídeo que encontra mais acima.

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
HarperCollins
O big data determina os preços dos livros da HarperCollins

Os dados da editora HarperCollins falam por si: 200 anos de história, presença em 18 países, publicações em mais de...

Cerrar