O Ressurgimento da Biblioteca de Alexandria

Tit 4

Como se de uma grande obra do Egito da Dinastia Ptolemaica se tratasse, pela mão de um grupo de humanistas contemporâneos formado principalmente por Alexa, a Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos e Brewster Kahle, que poderíamos definir como um digital apaixonado pela chamada ‘Open Culture’ (bens culturais de livre acesso), foi criado em 1996 The Internet Archive.

Concebido como uma página de Internet e uma organização sem fins lucrativos dedicada à conservação e difusão da história da Internet (mais de 150 mil milhões de páginas) e de conteúdos multimédia (áudio, vídeo, texto) considerados de domínio público, com licenças do tipo Creative Commons ou qualquer outra licença que permita a sua distribuição sem limites. O projeto foi denominado de Biblioteca de Alexandria do século XXI, uma vez que partilha do espírito de universalidade do conhecimento que foi iniciado pelos clássicos do século III. Esta universalidade salta bem à vista com os seus mais de 2 milhões de visitantes únicos por dia.

Este magnífico arquivo documental acaba de dar mais um passo na preservação da pegada sociocultural do ser humano, incorporando nos seus servidores as notícias lançadas por 20 das principais cadeias de televisão dos Estados Unidos, entre as quais se encontram a CNN, a Fox News, a NBC News ou a PBS. Estas cadeias cedem os seus vídeos de notícias há já três anos, perfazendo um total de 350.000 programas e continuarão fazendo isso, com a única condição de que o Internet Archive se comprometa a só publicar os vídeos de notícias passadas 24 horas sobre a sua emissão.

Mas a novidade tem um motivo: as eleições presidenciais nos Estados Unidos deste ano. Esta nova inclusão de conteúdos é definida por Brewster Kahle, o seu principal promotor, como uma maneira de ajudar o eleitor norte-americano a tomar as suas decisões relativamente às próximas eleições. The Internet Archivepermite ao cidadão aceder a acontecimentos muito recentes da sua história e rever de maneira crítica e comparativa as propostas políticas atuais, algo que pode ter uma grande influência sobre a sua intenção de voto.

Talvez, como também fizeram os Médicis, Brewster Kahle procura influenciar, de qualquer forma, na mudança da situação política de seu país. Esperemos que não e que esta iniciativa só é movido pela família puramente humanista que também identifica este grande italiano de Cuatrocento e Cinquecento.

O projeto The Internet Archive pretende continuar com a inclusão nos seus arquivos de conteúdos históricos televisivos desde os primórdios da televisão, de modo a ir construindo esta categoria tão relevante para compreender a história e a evolução da sociedade moderna. Talvez esta iniciativa leve as televisões de outros países a se unirem ao projeto, assim como instituições culturais como a Biblioteca Nacional de Espanha, que já colabora com fundos para o projeto global de The Internet Archive.

Outro dos grandes endereços é a Open Library, uma extensa coleção de livros digitalizados e colocados à disposição dos leitores em vários formatos, para que eles possam desfrutá-los tanto na tela do PC como em qualquer um dos novos dispositivos que o mercado das novas tecnologias nos oferece.

O Internet Archive conta já com uma coleção de fundos digitais que ultrapassa os 9.000 terabytes de dados, uma verdadeira Biblioteca de Alexandria digital que, com certeza, a filósofa Hipátia gostaria de ter consultado.

hipatia

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
almaObregon_850
Alma Obregón: “Mi reino por un cupcake”

É claro que os olhos também comem, e Alma Obregón se encarrega disso no seu blog Objetivo Cupcake, onde combina...

Cerrar