Forges nas suas próprias palavras

Uma das primeiras coisas que os leitores do EL PAÍS se habituaram a fazer todas as manhãs ao abrir o jornal ou ao abrir a página de Internet é procurar o cartoon de Forges porque, antes de enfrentarmos os títulos das notícias que são quase sempre graves ou demasiado sérias, é bom protegermo-nos com um sorriso ou, ainda melhor, com uma gargalhada. Duas coisas que Forges sabia muito bem desenhar nos nossos rostos.

Infelizmente, na semana passada, Antonio Fraguas, mais conhecido como Forges, cartoonista do EL PAÍS desde 1995, faleceu e deixou-nos órfãos de sorrisos. O lado positivo é que os seus desenhos, tal como o seu sentido de humor, continuarão sempre como se os víssemos de novo todas as manhãs.

Neste vídeo do EL PAÍS Vídeo, podemos ver Forges num encontro digital recente com os leitores do jornal, onde recapitula a sua trajetória profissional desde os primórdios que, à semelhança dos seus cartoons, se encontra carregada desse sentido de humor tão peculiar e tão “forgiano”.

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
5Dias_40Aniv_850
40 anos e Cinco Días

Há 40 anos, em 1978, o jornalista asturiano Javier Belderraín fundou o primeiro jornal diário exclusivamente económico de Espanha: o...

Cerrar