A guerra pela Internet

army in war
Visto 4.859 veces

A Internet está a transformar-se num novo campo de batalha, onde uns e outros lutam para alcançar o controlo digital, tanto a nível tecnológico como a nível de conteúdos. Governos repressivos, empresas que almejam o monopólio, ativistas que pedem uma Internet aberta e hackers que trabalham como mercenários fazem parte dos exércitos que participam nesta ciberguerra mundial.

A edição online do prestigiado jornal britânico “The Guardian” leva a cabo, durante toda esta semana, uma interessante série especial de investigação com o título “A Guerra pela Internet”, onde será feita uma análise ao estado atual da rede a nível de segurança, privacidade, legislações, controlos governamentais, ativismo cibernético e outros temas semelhantes.

A série arrancou com o tema “A Nova Guerra Fria”, com uma análise do controlo que a China exerce sobre a rede, como a Internet está a mudar a sociedade russa, aproximando-a dos valores ocidentais, ou como a Estónia tem usado a rede para cortar o cordão umbilical com a Rússia.

Os temas que serão abordados durante a semana são:

  • Domingo, dia 15: A Nova Guerra Fria.
  • Segunda-feira, dia 16: A Militarização do Ciberespaço.
  • Terça-feira, dia 17: Os Novos Espaços Protegidos.
  • Quarta-feira, dia 18: As Guerras da Propriedade Intelectual.
  • Quinta-feira, dia 19: “Civilizando” a Internet.
  • Sexta-feira, dia 20: A Resistência Aberta.
  • Sábado, dia 21: O Fim da Privacidade.

Outro aspeto a destacar desta investigação é um mapa interativo onde é possível observar os países que exercem algum tipo de controlo restritivo sobre a Internet e até que nível o fazem, elaborado a partir de seis categorias: Política, Social, Ferramentas, Conflito / Segurança, Transparência e Firmeza. Será que o seu país é afetado pela censura na Internet? Descubra nesta ligação.

 

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
unidentified flying object
Da ficção à realidade

A maioria dos objetos frutos da inovação que conhecemos hoje em dia foi a dado momento apenas uma ideia de...

Cerrar