A importância do networking

Networking_850

Fazer contactos ou, como diriam os anglo-saxões, networking é a melhor forma de conhecer ou estabelecer vínculos com outras pessoas, especialmente com fins profissionais ou comerciais.

Basicamente, consiste em ir criando uma rede de contactos relacionados com o nosso âmbito de trabalho ou profissão e que se pode estender de forma orgânica segundo varie a nossa especialização.

Networking nas redes sociais

Felizmente, as redes sociais facilitaram o contacto entre profissionais, oferecendo a possibilidade de estabelecer projetos ou favorecer a troca de ideias e conhecimento entre todos os elementos da rede. Redes sociais específicas como o LinkedIn ativam melhor que outras a comunicação nestes âmbitos, estabelecendo, inclusivamente, sinergias entre profissionais ou interesses muito distintos, mas que podem resultar em projetos únicos e inimagináveis.

Além do LinkedIn, podemos comprovar em sites como o Facebook, Twitter e até o Instagram que lá também podemos encontrar essa parte criativa ou técnica noutros utilizadores, o que nos permite identificar interesses paralelos.

people standing and talking on business meeting

Recomendações para estabelecer o contacto

Há que deixar de lado os complexos, a vergonha, o medo de não encaixarmos ou de nos sentirmos abaixo de outros especialistas. Cada um de nós tem o seu valor e devemos perder o medo de mostrá-lo. Há que ser participativo, sobretudo em grupos de discussão, e comentar ativamente as publicações dos outros. É necessário deixar de ser espetador e transformar-se num elemento ativo na rede. Interessar-se pelo trabalho de alguém e dar-lhe a conhecer o seu não é incomodar ninguém nem ser um perseguidor das redes sociais, é apostar no seu esforço e valorizar o seu profissionalismo. Pensemos sempre que temos algo para oferecer aos outros. Procuremos uma maneira de sermos úteis a quem nos será útil.

Se for possível, é importante tentar estabelecer contacto fora da Internet. Um encontro, uma conversa telefónica ou, pelo menos, enviar um e-mail mais personalizado com o objetivo de desvirtualizar os componentes da rede de contactos de trabalho.

A

Devemos entrar na conversa

O uso da Internet é mais cómodo e ágil, mas, além das redes sociais, não devemos esquecer-nos que uma conversa com um café durante um fórum profissional é um bom caminho para juntar novos membros à nossa rede de contactos.

Devemos participar em eventos de networking. Podemos encontrar informação sobre isto nas câmaras de comércio, associações setoriais, universidades ou meios especializados. Antes de participar, é interessante atualizar-se e recopilar material sobre a temática do evento. Também convém saber quem vai assistir ao evento, tanto se são conferencistas ou espetadores. Levar cartões no bolso e folhetos onde se mostra o nosso trabalho ou negócio continua a ser uma boa forma de comunicação. Também existem aplicações para a troca rápida de perfis de contacto.

Não há que ter dúvidas sobre apresentar-se a qualquer pessoa ou grupo que considere interessante. Toda a gente, nestes eventos, sabe que as pessoas querem conhecer-se e, geralmente, não se importa de trocar números ou endereços de e-mail. É preciso não esquecer que ter uma atitude passiva, a um canto, passa uma má imagem. É necessário aproveitar o tempo e juntar-se à conversa o quanto antes.

Depois de iniciar as apresentações, devemos tentar ser positivos, tanto na atitude como no diálogo. Aprender a ouvir é uma premissa e a amabilidade é mais bem aceite socialmente do que a contundência, apesar de termos ouvido tantas vezes que temos de ser agressivos profissionalmente.

Quanto à indumentária, é importante cuidar minimamente do vestuário. Embora, hoje em dia, a gravata e o casaco com saia estejam em desuso, a t-shirt e as calças de ganga rotas continuam a não ser uma opção. Pelo menos se quiser transparecer seriedade. Outro caso é se o tipo de evento o requeira, como um congresso de gamers, onde não importa tanto o nosso estilo de vestir, mas sim outras capacidades.

Um bom truque para encaixar bem é aprender os nomes das pessoas que vamos conhecendo, já que não há melhor forma de chegar a alguém do que perceber que tivemos o cuidado de contactar desde o primeiro instante e que nos lembramos do seu nome. Se for difícil, podemos usar mnemónicas para nos ajudar a decorar.

Depois de conhecer alguém num fórum, não convém esperar mais do que dois ou três dias para voltar a estabelecer contacto e aproveitar para lhe dar a conhecer o seu trabalho ou propostas. Se demorarmos muito, é possível que essa pessoa não se lembre de nós e que deixemos passar a oportunidade.

Algo importante que nos dará uma ótima imagem e ampliará a nossa rede é estabelecer contactos entre pessoas que conhecemos e que achamos que podem ter afinidades que resolvam certas necessidades ou carências umas das outras. Algo tão simples como, por exemplo, um contacto nosso que queira incorporar o storytelling na sua estratégia de venda e nós conhecermos a pessoa que lhe convém. Desta forma, valorizamos o nosso perfil como possível solucionista de problemas.

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
RobotsJuego_850
Aprender programação: as crianças que trocam os Playmobil por robôs

À semelhança de outras áreas, a robótica está a fazer uma entrada em grande no setor educativo, sobretudo como método...

Cerrar