As startups finalistas do IBM SmartCamp

campo di girasoli

O apoio à inovação está em alta. Empresas como a IBM tornam isso possível graças ao IBM SmartCamp, uma competição mundial de start-ups pertencente ao IBM Global Entrepreneur, em que vence a melhor solução de base tecnológica que atinja os objetivos do projeto Smarter Planet da IBM. Já há cinco iniciativas espanholas selecionadas (de entre mais de 70) para a final do dia 24 de outubro na sede do Madrid International Lab. A start-up vencedora terá a oportunidade de poder contar com o assessoramento direto de peritos da IBM e com o apoio de entidades de capital de risco para colocar em marcha e promover os seus projetos. Os cinco finalistas espanholes são:

• Apparcar

Apparcar combina a otimização da gestão do estacionamento público com as necessidades dos usuários, uma vez que permite consultar e reservar através do celular e em tempo real lugares de estacionamento público. Graças a isto, se melhora a mobilidade urbana, contribuindo assim para diminuir o consumo energético e também para melhorar a qualidade do ar.

• Passnfly

A aposta da Passnfly consiste no desenvolvimento de uma plataforma móvel que integra os serviços que as companhias aéreas e as agências de viagens oferecem aos seus clientes. Esta aplicação permite ao usuário fazer o check-in da sua passagem com qualquer companhia aérea do mundo através de um dispositivo móvel.

• Torus Software

propõe soluções e software de comunicações para setores onde é necessário manejar grandes dados (Big Data), tais como o comércio eletrónico, as telecomunicações, a energia, a defesa e a indústria aeroespacial.

• Upplication

Upplication permite criar, de maneira simples, aplicações móveis para qualquer pequena ou média empresa, que normalmente se sentem limitadas no momento de oferecer serviços deste tipo. Assim, estes negócios podem ficar atualizados no contacto tecnológico com os seus clientes.

• BiiCode

BiiCode é um sistema ou plataforma de controle de versões e dependências integrado que, ao funcionar na nuvem, permite à comunidade de programadores a nível mundial partilhar e reutilizar com facilidade o seu código, de uma forma simples e intuitiva e para qualquer linguagem de programação. Assim, oferece poupança de tempo e custos no desenvolvimento de soluções informáticas.

O projeto espanhol que for sagrado vencedor participará na ronda das semifinais europeias que se celebrará em Viena no dia 8 de novembro e competirá posteriormente com os vencedores de outras cidades do mundo como Moscovo, Milão, Xangai, Sydney, Nantes, Califórnia, Berlim, Varsóvia, Rio de Janeiro, Joanesburgo, Kuala Lumpur, Londres, Telavive, Istambul e Cidade do México para alcançar o prémio mundial.   Quanto aos projetos finalistas do IBM SmartCamp América Latina, são duas start-ups brasileiras e duas mexicanas que disputarão a final no dia 13 de novembro no Tec de Monterrey, Campus de Santa Fe, na Cidade do México.  

• Geekie

Startup do Brasil que aplica a tecnologia à educação, identificando os pontos fortes e os pontos fracos dos estudantes. Oferece a plataforma Geekie Lab, com um plano de estudos personalizado com os métodos de ensino mais adequados para ajudar cada estudante a aprender de forma mais rápida e eficaz.

• Nativoo

Start-up brasileira de viagens que compila as referências de outros viajantes e cria itinerários automaticamente, escolhendo de entre milhares de possibilidades para proporcionar aos usuário final uma experiência personalizada. Pode ajudar o usuário a escolher onde se alojar, o que fazer e onde comer. 

• Conoce

Criada no México, leva a cabo estudos de mercado através da análise do comportamento coletivo dos consumidores e através de sistema de inteligência artificial visuais. Instalam câmaras de filmar nas lojas, no ponto de venda, para recolher informação sobre como as pessoas interagem com os produtos. Esta informação passa por um processo de análise e exploração de dados, transformando-se mais tarde num instrumento de conhecimento extremamente útil para as ações de marketing. 

• Entryless

Rede Global Aberta, feita no México. onde é possível processar faturas em qualquer formato, recebidas por meio dos canais em linha mais amplamente utilizados, como o e-mail, portal de Internet e dispositivos móveis. A entrada de dados é efetuada através de software de sua propriedade, que é flexível devido à sua arquitetura e tem capacidade de crescimento horizontal, o que o torna escalável. Isso torna esta rede uma plataforma de solução global.     Miguel Ángel Corcobado Departamento de Transformación de PRISA

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
O Toyoutome blog faz dois anos

Faz agora dois anos que o Toyoutome blog chegou a este meio em constante mutação que é a Internet. Durante...

Cerrar