Lectópolis: a cidade dos leitores do século XXI

Atualmente, quando falamos de leitura, pensamos imediatamente nas leituras que fazemos digitalmente, uma vez que estamos habitualmente imersos no mundo da Internet, dos mais novos aos mais velhos.

A Santillana tem noção de que esta influência digital na leitura é uma maneira essencial de aceder à informação no momento de adquirir conhecimentos em todas as facetas da vida, tanto a nível académico como pessoal. Por isso, e com o objetivo de despertar a vontade de ler nas crianças e nos jovens, lança Lectópolis, um programa que propõe um encontro com a leitura e a escrita em todos os aspetos da vida dos estudantes através de uma plataforma de leitura, uma aplicação móvel e uma coleção de livros para o ensino básico e secundário.

Lectopolis_01

Com este projeto, propõe-se oferecer um conceito heterogéneo e plural da leitura. Um leitor é um ser informado, sensibilizado, atento a diversos estímulos intelectuais e, assim sendo, é potencialmente um cidadão ideal. Por isso, é necessário transformar os conteúdos que os planos de leitura oferecem. Devem dar respostas à sensibilidade e à linguagem dos estudantes, tornando-os leitores críticos e autónomos. Porém, para tal, precisam de histórias adequadas ao seu tempo, que abordem o presente e as suas novas dinâmicas, mas sem esquecer o potencial transformador que os livros tradicionais têm. Desta forma, será possível criar gerações inteiras de verdadeiros leitores.

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
HacksRouter_850
Como sobreviver a um ataque KRACK

Esta semana começou com uma notícia que afeta diretamente a segurança do acesso aos dispositivos Wi-Fi dos nossos lares e...

Cerrar