Os videogames sociais revolucionam o setor

Angry birds
Visto 5.459 veces

Nunca até agora fomos capazes jogar onde, quando e com quem quiséssemos. Os videogames tornaram-se onipresentes, conduzindo o setor a cifras nunca imagináveis há alguns anos atrás.

Na década de 80 do século passado, se você quisesse jogar uma partida, tinha que dispor de um computador, um videogame (portátil ou de mesa) ou ir até uma sala de jogos eletrônicos, praticamente inexistentes atualmente.

Agora você pode utilizar seu celular para competir em tempo real com um jogador que mora do outro lado do mundo.

O surgimento dos jogadores casuais

Nos últimos anos, não foi somente os dispositivos que evoluíram, o público também mudou.

Tudo mudou com a Wii. Ao contrário de seus principais concorrentes (PlayStation e Xbox), que apostavam quase exclusivamente pelos gamers (jogadores com experiência), o videogame da Nintendo conseguiu o inconcebível na metade da década passada: famílias inteiras jogando juntas.

Desta forma, foi criado um novo nicho de mercado, conhecido como jogadores casuais, que está ganhando uma importância sem precedentes na indústria graças à popularização das redes sociais.

Infográfico: O mercado dos jogos eletrônicos

Jogos sociais

“Chegamos a audiências massivas, damos diversão e, se você nunca jogou um jogo de videogame, três minutos depois de iniciar um dos nossos, você já se diverte”, assim explicou Sina Kamala, diretora de comunicação da desenvolvedora de jogos sociais Wooga, as razões do sucesso dos seus títulos nas redes sociais durante a última edição da feira Gamescom, realizada em Colônia em meados do mês de agosto.

A combinação de jogos de videogames e redes sociais está se mostrando imbatível. E ainda mais, desde que Google+ juntou-se ao negócio neste verão. A plataforma social do gigante da internet integrou jogos como Angry Birds ou Zynga Poker através de Google Games.

A resposta do Facebook, autêntico líder neste mercado, não demorou a aparecer. Horas depois do anúncio de Google, a companhia fundada por Mark Zuckerberg lançou uma série de melhorias em seu serviço.“Para aqueles que se divertem com os jogos em Facebook, estamos lançando novas características para facilitar a procura de novos jogos e jogar com seus amigos”, afirmou um porta-voz da empresa através do blog corporativo.

Infográfico: Cinco estereótipos falsos sobre os jogadores de jogos eletrónicos

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
História digital de Natal

A história do Natal é mediada pelo digital. Este vídeo é um exemplo claro de como um conteúdo criativo, acredito-se...

Cerrar