Prémios ‘Grandes Profes, Grandes Iniciativas’: “Na educação, devemos libertar-nos do jugo da banalidade”

GrandesProfes_2016_850
Visto 6.075 veces

Reconhecer os professores e os centros educativos que promovem propostas inspiradoras e inovadoras, com grande impacto educativo e que se possam aplicar noutros centros é o objetivo dos Prémios “Grandes Profes, Grandes Iniciativas”, que foram entregues na semana passada na Fundação Giner de los Ríos de Madrid.  A Santillana, a Fundação Atresmedia e a Samsung entregam os prémios aos melhores projetos do ano.

O tom informal da tarde foi da responsabilidade do comediante Ángel Rielo, conhecido como o ‘Feliciólogo’, que apresentou a gala com uma boa dose de humor e ironia.

Seguiu-se a intervenção do professor e especialista em inovação educativa, Fernando Trujillo, para quem a educação “é um compromisso com a vida e com o mundo”. “O vosso trabalho”, disse aos docentes, “é necessário e chega diretamente ao âmago do ser”.

“Vocês são os meus heróis e heroínas, mas não acreditam muito nisso, porque continuamos a precisar de nos libertar do jugo da banalidade, algo que denunciava já o filósofo Giner de los Ríos em finais do século XIX.” Apesar de reconhecer que, na educação, não há fórmulas e que o que é bom para uma escola não o é necessariamente para outra, Fernando Trujillo incentivou os professores a “libertarem-se do jugo da banalidade”, prestando atenção à comunicação com os seus alunos, amando a investigação, cuidando do ambiente que os rodeias… “Em suma, tentar sair todos os dias da sala de aula um educador melhor. Porque vocês tornam possível o impossível.”

Após a intervenção de Trujillo, foram subindo ao palco todos os galardoados de entre os mais de 200 trabalhos apresentados. O primeiro foi o Colégio de Educação Pré-Escolar e Básica Miguel de Cervantes de Valladolid, vencedor na categoria de Grandes Iniciativas de Sucesso Educativo com CervantesTV, uma televisão de tod@s e para tod@s. Em colaboração com o núcleo de Formação Profissional de Imagem e Som do IES Vega del Prado, criaram uma televisão escolar onde as crianças (algumas com deficiência auditiva) transformam em notícias, entrevistas, reportagens, jogos e música acontecimentos próximos da sua realidade escolar e relacionados com os conhecimentos do currículo letivo.

GrandesProfes_2016_02

O projeto “5 minutos que suman” do Parque Colegio Santa Ana (Valência) foi o vencedor na categoria Grandes Iniciativas em Valores. A sua proposta assenta na criação de um espaço de cinco minutos no início da primeira aula do dia para apresentar um tema relacionado com os valores. Esses espaços convidam os alunos à reflexão sobre assuntos muito diversos e fomentam uma relação melhor entre professor e alunos.

O prémio Grandes Iniciativas que Transformam a Aulafoi para “Aprender ciencia de manera atractiva en Secundaria y Bachillerato”, do IES Sierra de San Quílez de Binéfar (Huesca). Aproxima a ciência dos estudantes através de atividades de divulgação, colaboração com instituições científicas e uma participação muito ativa em projetos e concursos locais e nacionais relacionados com a ciência.

O Prémio Especial Samsung para a Transformação Digital na Aula foi atribuído a “Ermitas, granjas y molinos”, iniciativa do CEIP Reyes Católicos de Guadalupe (Cáceres) para a elaboração em suporte digital e em papel, em espanhol e em inglês, de informação turística sobre diversos eremitérios, quintas e moinhos da Idade Média pouco conhecidos na região de Guadalupe.

O Prémio Especial Santillana de Incentivo à Leiturafoi atribuído a “Entre dos mundos” do IES Clara Campoamor (Ceuta). Professora e alunos colocaram-se o desafio de escrever o seu próprio livro, contando com a participação semanal de pais e mães, professores, antigos alunos, tutores dos alunos, imigrantes do Centro de Estadia Temporária de Imigrantes (CETI), amigos dos alunos e especialistas em literatura. O resultado é a história de 25 pequenos escritores. O júri reconheceu a dificuldade do contexto social em que o projeto se desenvolve, assim como a sua inteligente aplicação para atingir objetivos académicos e de integração.

Além dos premiados, houve várias menções honrosas: “MarkerSpace: un espacio innovador para aprender”, do colégio SEK Ciudalcampo (San Sebastián de los Reyes, Madrid); “La ilusión de leer. Pasen y lean”, do Colégio Santo Ángel (Madrid); “Lee con gusto”, do Centro de Educação de Formação Profissional Especial Canal de Castilla de San Cebrián de Campos (Palencia); e “Tras las huellas de los cuentos europeos”, do CRA Camilo José Cela, de El Arenal (Ávila). 

GrandesProfes_jun_2016_02

José Luis Escudero, diretor de marketing e promoção da Santillana; Carmen Bieger, diretora da Fundação Atresmedia; Francisco Hortigüela, diretor de Cidadania Corporativa, Comunicação e Relações Institucionais da Samsung Espanha; e Fernando Trujillo.

O júri foi constituído por: José Antonio Marina, presidente do projeto Movilización Educativa; Félix Serrano, diretor do Instituto Nacional de Tecnologias Educativas e Formação do Professorado (INTEF); Alfonso Aguiló, presidente da Confederação Espanhola de Centros de Ensino (CECE); Elisa Navas, presidente da Fundação Giner de los Ríos; Carlos Magro, vice-presidente da Associação Educación Abierta; José Iribas, diretor de Expansão Académica da Universidade Internacional de la Rioja (UNIR); Mario Gutiérrez, presidente do Sindicato CSI-F; Francisco Hortigüela, diretor de Cidadania Corporativa, Comunicação e Relações Institucionais da Samsung Espanha; María Teresa Grence, diretora de Conteúdos da Santillana e Carmen Bieger, diretora da Fundação Atresmedia.

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
IN3_850
PRISA na segunda edição do IN3

O evento IN3 é o fórum que incentiva o investimento dos Estados Unidos nas ‘startups’ espanholas. Esse método norte-americano tão particular...

Cerrar