Programação, robótica e impressão 3D para o ensino pela mão da BQ

TallerRoboticaSantillana_850

a Santillana deu um passo em frente no seu interesse e preocupação em fomentar a programação, a robótica e a impressão 3D, organizando na sua sede central as primeiras jornadas de programação das coisas e robótica educativa e, para tal, contou com um dos maiores representantes do setor em Espanha, a BQ, criadora, entre outras coisas, do já popular robot Zowi, mais conhecido como o robot da Clan.

Workshops de programação em Bitbloq com uma miríade de placas, sensores, luzes de LED sobre a mesa e muita vontade de aprender todas as coisas novas que podemos fazer com tudo isso transformaram-se numa gratificante e frutífera experiência para a assistência. Com todos esses materiais sobre a mesa, a brincar e a pô-los a mexer, a apitar ou a piscar, de repente, vemos as possibilidades que pode ter entregar tudo isto à imaginação de um grupo de alunos.

24933199866_1220329bec_o

Linda Piñeiro, consultora global de projetos educativos na Everis, comenta sobre a sua experiência: “Achei o workshop muito inspirador. Deu-me muitas ideias para trabalhar com as minhas filhas em temas relacionados com a minha profissão.”

Saber como funcionam as máquinas é primordial para aliviar a carência de conhecimento que temos sobre a tecnologia que manejamos e que deve ir muito além da nossa mera condição de utilizadores. É a única maneira de fazer com que a nossa melhor arma, a imaginação, se desenvolva com ela.

Fernando Herranz, gestor de produto do departamento de inovação global da Santillana, comentou connosco as vantagens de investigar e implementar esta tecnologia nas salas de aula: “Transportar para a aprendizagem os conceitos maker, a colaboração ou a resolução de problemas através de algo tão divertido como a robótica é um caminho imprescindível para transformar a educação. Os alunos vão ficar muito felizes com este tipo de iniciativas.”

24664021150_3a541aa62f_o

O departamento da Santillana I+D+i , ao qual pertence Linda Sciequan, uma das organizadoras desta proposta, comentava a propósito desta iniciativa: “A nossa visão é que estes workshops representem uma excelente oportunidade para fazer imersão, não há palavra melhor, tanto nos conteúdos que se exponham como nas experiências pedagógicas e de aprendizagem que se promovam nas jornadas. Além disso, queremos que permitam às equipas da Santillana Educação e da Santillana Global aproveitar a proximidade dos profissionais e da BQ, especialistas na matéria, e ficar assim a conhecer a dimensão do que se pode alcançar na sala de aula e fora dela.”

Além dos workshops de formação, pudemos contar com uma completíssima apresentação das melhores apostas tecnológicas que a BQ procura relacionar com ambientes educativos. Entre elas, o conhecido robot Zowi da Clan TV; os Printbots e o Zum Kit, um dos primeiros kits de aprendizagem de robótica criados pela empresa; ou a impressora Prusa i· Hephestos, que se entrega por peças para que a sua montagem faça também parte do processo educativo.

24866183691_360407d182_o

Tudo isto com o apoio e explicações em primeira mão por parte dos profissionais da BQ, a maioria deles envolvida nas fases iniciais de todos estes projetos, como é o caso de Juan González, responsável de impressão em 3D da BQ, que nos mostra com orgulho os projetos de próteses de mãos impressas em 3D e mecanizadas, que é também outro dos interessantes projetos que a BQ tem entre mãos.

1 Comentario

  • avatar Martha Jiménez 13 fevereiro, 2016

    ¡Felicitaciones! Saludos a Linda, la recordamos con mucho cariño aquí en Venezuela.

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
ViejaEscuelasInnovadoras
Viagem à inovação em 50 escolas

O que é uma escola? Uma sala de aula com cadeiras ou simplesmente qualquer lugar onde se aprenda? Esta é...

Cerrar