O que oferece a newsletter à comunicação empresarial?

EmailMarketing_newsletter
Visto 2.314 veces

“Uma empresa que não comunica não existe.”

Mario Hernán Concha em Teorías de la Comunicación.

A comunicação é provavelmente o elemento mais importante para todas as empresas. É uma competência vital quando é preciso lidar com os nossos fornecedores, sócios, colaboradores… Mas, acima de tudo, com os nossos clientes. Se não houver comunicação entre uma empresa e os seus clientes, é impossível que essa empresa seja bem-sucedida, mas qual é a melhor forma de o fazer?

As redes sociais são muito visuais e permitem-nos comunicar com os nossos clientes, mas se já as utiliza no seu negócio, pôde comprovar que não são muito eficazes. E ficamos então por aí? Não, há uma técnica de marketing muito mais eficaz: o envio de newsletters. Por isso, vamos hoje aprender como funciona uma newsletter.

Vantagens da comunicação por newsletter

Porque comunicamos?

Saberemos efetivamente porque devemos comunicar? São muitas as vantagens inerentes à comunicação, mas podemos agrupá-las nos seguintes pontos: 

  1. Resolve problemas: a utilização mais tradicional da comunicação tem o objetivo de resolver problemas. O mailing é vital para o fazer, neste caso: de facto, a sua aplicação de e-mail marketing conta com formulários preconcebidos para a resolução de problemas. É importante que a resolução de problemas do utilizador seja rápida e que supere as expectativas. Por exemplo, se fizer uma encomenda na Amazon e o produto não lhe chegar, seria simpático que a Amazon, além de lhe devolver o dinheiro que pagou, lhe oferecesse uma compensação pelo inconveniente, seja um desconto numa compra posterior ou um cheque oferta. De certeza que se a Amazon fizer isso, depressa lhe passa a zanga e volta a comprar na loja.

Person Drawing Straight Red Line Over Maze

  1. Dá confiança ao utilizador: uma empresa que comunica com os clientes, mantendo-os informados, transmite uma imagem de confiança e fiabilidade. Além disso, é uma forma de lembrá-los de que está vivo. Para transmitir confiança aos utilizadores, é conveniente combinar tanto newsletters comerciais como de fidelização.
  1. Serve para conhecermos melhor os clientes: ter uma conversa com as pessoas a quem vendemos servir-nos-á para ficar a conhecer várias das suas características. O mailing, ao ser o canal mais direto, permite-lhe ligar-se ao cliente facilmente. a Conseguir insights→ uma das coisas mais importantes na comunicação é conseguir insights; ficar a saber mais sobre os clientes. É crucial ouvi-los para saber o quê, porquê, quando, quem, onde e como nos compram. Isto ajudar-nos-á a evoluir através de uma estratégia inbound, ou seja, colocando o cliente no centro do negócio.
  1. Humanizar a marca: mostrar aos seus clientes que há seres humanos por trás da sua empresa é algo positivo. A melhor forma de o fazer é aperfeiçoando a sua estratégia de comunicação. Passo a dar um exemplo: uma empresa que nunca comunica com os seus clientes transmite a imagem de que está apenas interessada no volume de vendas, não é verdade? Ter esta imagem não é nada recomendável, é preciso conquistar o público. Para tal, o melhor é criar newsletters de engagement ou de fidelização. 

Porquê fazê-lo com o e-mail marketing e como funciona uma newsletter?

Quanto às vantagens, e em comparação com o outro canal mencionado no início do artigo como um meio pensado para a comunicação, as redes sociais, a forma como uma newsletter funciona faz com que fazer mailing seja melhor, uma vez que:

❖     É um canal mais direto: ao passo que, com as redes sociais, não temos a certeza de que os nossos seguidores veem as nossas publicações, ao enviar newsletters com uma aplicação especializada, asseguramo-nos de que a mensagem chegará à caixa de entrada.

❖     Converte 3 vezes mais do que as redes sociais: as newsletters multiplicam por três vezes as conversões do cliente em relação às redes sociais e o mailing é a técnica de marketing mais eficaz, com um ROI de 4308%.

❖     Permite personalizar as mensagens: ao passo que, nas redes sociais, a mensagem é a mesma para toda a gente, com as newsletters, podemos personalizá-las segundo o segmento dos clientes ou colocando diretamente o nome do destinatário em cada envio de correio.

Não obstante, a minha recomendação pessoal é que utilize tanto as redes sociais como as newsletters para comunicar com a sua clientela; as redes sociais com uma utilização mais diária e as newsletters com uma certa periodicidade, seja semanal, quinzenal ou mensal. O excesso de envio de newsletters também não é recomendável e, assim sendo, as redes sociais podem aqui ajudá-lo a manter os clientes informados no dia a dia.


Víctor Mateos
Comunicación y prensa de Mailify España

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
HoraPlaneta_2017
Junte-se à Hora do Planeta

A PRISA junta-se, pelo nono ano consecutivo, à Hora do Planeta da WWF, o maior movimento global em defesa do...

Cerrar