EL PAÍS ouve-se às quartas

ElPais_suena_850
Visto 5.022 veces

EL PAÍS aposta na música. Assim sendo, a secção de Cultura do jornal levou a cabo um projeto em que a informação musical volta a ganhar especial relevância com um tratamento de destaque e cuidado. Além das notícias diárias e da agenda, a partir de agora, temos “As Quartas-Feiras de Música no EL PAÍS”. Todas as quartas, a edição em papel dedica umas páginas fixas à informação musical que se veem ampliadas de forma substancial na edição digital.

O objetivo destas quartas-feiras musicais é oferecer reportagens, entrevistas e artigos com um enfoque particular, baseado especialmente nas boas histórias e na interpretação cultural e social da música. Por outras palavras, tratar a música como uma arte relevante para a cultura, indo além do entretenimento.

Para tal, apostamos em reportagens ou entrevistas de fundo como peças de abertura da secção. É-lhes dedicada uma página inteira em papel e podem ser acompanhadas por conteúdos multimédia, assim como galerias de fotos ou colunas de opinião. Neste sentido, pusemos em marcha um espaço chamado “Firma Invitada”, no qual os músicos poderão utilizar o jornal como um microfone para refletir e partilhar as suas inquietudes artísticas ou pessoais.

Além disso, apostamos nas críticas de discos. Porquê? Porque os álbuns, as canções gravadas, continuam a ser o elemento musical de maior relevância, do qual esta disciplina artística se alimenta para evoluir e causar impacto nas pessoas. Todas as quartas-feiras, há um “disco da semana”, que será resenhado em papel, e outros dois álbuns que lhe farão companhia na página de Internet. São críticas musicais longas, com cerca de 600 palavras, que permitem interpretar e argumentar o valor do disco, que é igualmente pontuado numa escala de 1 a 10.

Elpais_suena_02

Também apostamos na música em direto. Este espaço chama-se “EL PAÍS Suena”. Trata-se de pequenos concertos nos lugares mais inusitados, com a produção e a chancela do EL PAÍS. Músicos e bandas espanhóis e internacionais passarão por estes palcos especiais que o jornal procurará para divulgar em direto as melhores propostas da atualidade. Como cartão-de-visita, uma verdadeira constelação de estrelas da música espanhola cantaram para nós num telhado muito central de Madrid: Amaral, Vetusta Morla, Quique González, Xoel López, La Maravillosa Orquesta del Alcohol e The Chinese Birdwachters atuam juntos e ao molho para os nossos leitores e ouvintes.

Brevemente, teremos novas secções em que damos valor à crítica musical, aos colunistas especializados que nos ajudam a contextualizar a música da atualidade e de ontem, e que nos contam histórias interessantes sobre as canções e os seus autores. Neste sentido, temos as secções “Fábrica de Sonidos”, “Radar Latino”, “Érase una Canción”, “Universos Paralelos” e “Infinito Particular”.

playing jazz guitar

“Infinito Particular” é a coluna de Carlos Galilea, especialista em músicas de todos os cantos do mundo e diretor do programa da Radio 3 “Cuando los Elefantes Sueñan con la Música”. “Fábrica de Sonidos” é o espaço das últimas tendências, dos hypes, dos ritmos urbanos mais atuais ou daqueles aspetos da música popular contemporânea menos conhecidos. “Radar Latino” é uma secção pensada para revalorizar a música que se faz atualmente no continente latino-americano. Com uma visão global, esquadrinha todas as propostas musicais latinas, através de uma rede de colaboradores distribuídos por países como a Argentina, o Chile, a Colômbia, o México e Espanha. E “Érase una Canción” é uma viagem no tempo para nostálgicos mas, sobretudo, para os amantes das grandes canções e das grandes histórias. Esta jukebox particular permite ao leitor conhecer os pormenores ocultos das célebres (e menos célebres) composições de todas as épocas – quem produziu o tema, quem assinou os seus arranjos, quais foram as desavenças entre o autor e a companhia discográfica… – a partir da análise e da interpretação dos críticos de música.

Além disto tudo, o EL PAÍS é um ponto de encontro para os artistas, organizando entrevistas digitais com músicos que podem responder às perguntas dos leitores, e para a nova música, facilitando às companhias discográficas o lançamento de canções, discos e telediscos na nossa página de Internet. Temos também um programa de rádio online criado por Diego A. Manrique.


Fernando Navarro
El País

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
E=mc2,Albert Einstein,chalkboard,chalk,blackboard,colored chalk
Feliz aniversário, ‘E=MC2’

Passaram nada menos do que 100 anos desde que Albert Einstein fez a apresentação da sua famosa Teoria da Relatividade...

Cerrar