Viagem à inovação em 50 escolas

O que é uma escola? Uma sala de aula com cadeiras ou simplesmente qualquer lugar onde se aprenda? Esta é uma das premissas da viagem de Alfredo Hernando, psicólogo e investigador da transformação da educação, pedagogo e criador do projeto Escuela21, no qual se propõe a localizar os pontos do mundo onde a educação se faz de uma maneira diferente, mais inovadora, para os mostrar ao resto da comunidade educativa através da publicação Viaje a la escuela del siglo XXI. Así trabajan los colegios más innovadores del mundo (Viagem à Escola do Século XXI. Assim Trabalham as Escolas Mais Inovadoras do Mundo), editada pela Fundação Telefónica e que mostra as 50 escolas mais inovadoras do mundo: Estados Unidos, Colômbia, Peru, Chile, Brasil, Gana, Indonésia, Bangladesh, Japão, Itália, Finlândia e Espanha fizeram parte desta viagem em que Hernando queria descobrir que educar de outra maneira é possível.

Mas será fácil transformar a educação? Hernando crê que sim e afirma que há muitas escolas e sobretudo professores que querem fazer coisas novas e transformar as suas aulas, portanto, encontrar informação sobre estes novos projetos pode ajudá-los a dar esse passo.

Recentemente, Alfredo Hernando foi entrevistado pela nossa colaboradora Isabel Andrade para a Inevery Crea, a rede social para profissionais da educação, precisamente sobre as suas experiências durante esta viagem em busca da inovação educativa e que lhe recomendamos que veja se estiver realmente interessado na mudança.

Se quiser descarregar gratuitamente o documento, Viaje a la escuela del siglo XXI, haz clique aqui.

E, para complementar, pode ver também este vídeo sobre a apresentação do projeto, elaborado pelo EL PAÍS Vídeo:

ViejaEscuelasInnovadoras

Deixe uma resposta

MENU
Leer entrada anterior
loqueleo
Loqueleo adapta a literatura infantil e juvenil aos novos tempos

Loqueleo chegou a Espanha ontem à noite. E fê-lo num palco, o lugar onde ganharam vida muitas das histórias que...

Cerrar