Quanto devo? 50 megabytes, por favor

É claro que o celular já é uma extensão do nosso corpo. O que faríamos sem ele? Segundo os estudos de mobilidade, praticamente tudo menos falar ao telefone. Compramos ofertas em forma de cupões, consultamos mapas para não nos perdermos, falamos por chat com os nossos amigos, fotografamos tudo o que vemos, o utilizamos como walkman, etc. Cada vez saímos de casa com menos coisas nas algibeiras, apenas o inseparável smartphone, que também já podemos utilizar para pagamentos, como se fosse um cartão de crédito, pelo que a carteira já começa ficando obsoleta.

Uma das últimas iniciativas para pagamentos móveis é protagonizada pelo famoso motor de buscas com o seu Google Wallet, disponível, de momento, apenas nos Estados Unidos e em alguns modelos e operadoras de celulares, embora já chegue a 200 mil pontos de venda. O Google Wallet funciona como um porta-moedas eletrônico associado a um ou mais cartões de crédito que podemos gerenciar através de uma aplicação móvel e controlar assim os gastos. Neste simpático vídeo que lhe trazemos, pode ver as possíveis vantagens do Google Wallet, mas se quiser saber mais, encontrará mais vídeos no Youtube, no canal Google Business, como este, onde se realiza um pagamento por Google Wallet com um tablet Nexus 7 num retaurante McDonalds.

Parece que a era da carteira está chegando ao fim. O que oferecer agora ao seu pai no Natal? Tememos que terá de ser um smartphone.

Comments are closed.

MENU
Leer entrada anterior
Se imagina jogando videogames no horário de trabalho?

O videogame clássico Mario Bros, em que entram instruções nas instalações ou em que de repente fazem explodir estações de...

Cerrar