Canal+ Yomvi. Mais perto dos usuários

16032012

O fator essencial para o êxito do CANAL+YOMVI é encurtar a distância entre nós e os nossos usuários.

Ontem, no fórum de opinião dedicado às tendências de consumo de conteúdos no novo contexto digital, apresentámos os primeiros dados sobre o CANAL+YOMVI no fim dos primeiros 100 dias desde o seu lançamento, em finais de outubro. O balanço não é mau, pois lançámos as bases para a evolução futura: mais de 300 000 usuários, mais de 600 000 dispositivos que receberam o CANAL+YOMVI a dado momento, mais de 1,8 milhões de downloads de conteúdos. Hoje, somamos mais de 2000 títulos no nosso inventário de produtos, de cinema a documentários, de séries a concertos. Isto não é um projeto, isto é uma realidade. Mas nada disto é o essencial, pois o essencial é saber “até que ponto nos aproximámos do usuário”.

fórum das tendências de consumo de conteúdos no novo contexto digital, Espacio CAMON de Madrid

Já sabemos que a distância é inversamente proporcional ao êxito. Encurtar as distâncias exige uma mudança de paradigma.

Vamos dar-lhe um exemplo: o telefone. Quando o telefone estava em casa, era utilizado de uma maneira. Quando passou a ser individual, encurtando distâncias, alcançou um nível de identificação com o usuário que lhe abriu um sem número de oportunidades. Todas elas passam pela cumplicidade do usuário com o dispositivo, que acaba por usá-lo de uma maneira totalmente diferente. Já não é apenas uma questão de falar muito mais ao celular, multiplicando o seu consumo, mas há o facto de essa proximidade se ter ligado à sua individualidade. O celular é um objeto pessoal e intransmissível. É a forma como o usuário tem acesso ao mundo exterior: os seus amigos, os seus compromissos, as suas fotografias, o seu mundo. A personalização dos toques tem certamente algo a ver com isto.

O CANAL+YOMVI é um fenómeno parecido. O seu objetivo é encurtar distâncias. O satélite pode estar longe, mas a sua ligação à Internet está muito próxima – no seu celular, no seu tablet, no seu PC ou na sua consola. O CANAL+YOMVI está aí. Se uma partida de futebol o apanha num descampado, na praia ou num comboio, o CANAL+YOMVI encurta a distância. Já não está a quilómetros do descodificador de sua casa. Ele está sempre consigo. Se a sua série preferida coincide com um jantar de amigos, a distância não se mede pelo tempo que passa até que o canal de televisão volte a passá-la. A distância é medida com o seu serviço VOD (video on demand). Mas, acima de tudo, a distância mais importante tem a ver com o facto de o usuário ter o que mais lhe agrade. Com o facto de encontrar o programa que marca a diferença, com o qual se identifica realmente e do qual falará aos seus colegas. Esse programa passará a ser parte do seu património, como a sua roupa, os seus sonhos, as coisas de que mais gosta. Exibirá orgulhosamente esse programa nas redes sociais, falará dele com entusiasmo e acabará por sugeri-lo ao seu círculo de amigos.

Eis o CANAL+YOMVI. Este é o seu espaço, o mundo das distâncias curtas. Porque cada centímetro que nos aproximarmos dos nossos usuários será terreno conquistado em definitivo.

Pablo Romero
Director de Contenidos de CANAL+ YOMVI

Comments are closed.

MENU
Read previous post:
Unhappy - Happy
E se a felicidade fosse cotada em bolsa?

Na última edição do fórum económico de Davos, houve três conferências – sim, três – dedicadas ao fator “felicidade” como...

Close