Na internet não descuide da sua segurança

Todos nós já ouvimos falar alguma vez sobre as ameaças que cercam diariamente nossos computadores: vírus, spyware, spam. Mas é importante não descuidar de outras ameaças menos populares, porém iguais ou mais importantes, principalmente se afetam a privacidade, como o ciberbullying, ou a economia, como o phishing. Para ajudar a manter distante todas essas ameaças, o Escritório de Segurança do Internauta, do Instituto Nacional de Tecnologias da Comunicação (INTECO) apresenta uma campanha de conscientização sobre segurança na internet.

Em www.tusentidocomun.com encontraremos algumas práticas recomendadas para não sofrer fraudes, spam, malware, ciberbullying ou grooming (praticado por adultos para ganhar a confiança de menores através da internet a fim de obter concessões de caráter sexual).

De acordo com o estudo sobre golpes e fraudes através da internet, publicado, em 2010, pelo INTECO, 53,1% dos usuários já tinham sofrido alguma tentativa de fraude de qualquer tipo e 4,8% admitem ter sofrido alguma fraude com prejuízo econômico.

A página oferece um decálogo com conselhos para uma navegação mais segura e também material complementar como vídeos, história em quadrinhos e links que poderão ajudar a entender de maneira fácil os problemas de segurança existentes e como resolvê-los.

Para o público infantil e juvenil foi criada uma página específica, Penso logo clico”, onde aparecem dicas, truques e até mesmo ferramentas para gerenciar a privacidade nas redes sociais, uso do celular, senhas, etc.

A seguir mostraremos o , publicado na página:

  1. Fraude Online: é a técnica que tenta substituir a identidade do seu banco, rede social ou loja online para roubar suas senhas e dados privados para depois usá-los fazendo passar por você.
  2. Redes Sociais: antes de publicar qualquer coisa na internet pense nas seguintes questões: Quem vai acessar o que publico? Tenho interesse que estas pessoas vejam? Proteja sua intimidade, pense antes de publicar.
  3. Programas de Segurança: se você não protege corretamente seu computador, pode ser vítima de vírus e usuários mal intencionados ao navegar pela internet. Os programas de segurança ajudarão a prevenir estes problemas.
  4. Downloads: para evitar vírus, faça o download somente de arquivos que tenham fontes confiáveis e de programas de páginas oficiais. Além disso, não se esqueça de analisá-los sempre com um antivírus antes de executá-los.
  5. Dispositivo Móvel: seu celular contém grande quantidade de dados pessoais que você deve proteger com senhas seguras. Você pode começar ativando o PIN do celular quando não estiver utilizando.
  6. Atualização: é muito importante atualizar regularmente o sistema operacional e os outros aplicativos do seu computador para corrigir possíveis falhas de segurança e também adicionar melhorias.
  7. Compras seguras: na hora de comprar pela internet, comprove que as primeiras letras do endereço eletrônico são “HTTPS”. Desta maneira a informação “viaja” criptografada evitando, portanto, que um ladrão virtual roube seus dados.
  8. Informações falsas: confirme sempre a informação antes de acreditar nela. Suspeite das páginas que sejam e contenham mensagens muito chamativas. Muitas vezes é assim que tentam captar sua atenção para redirecionar a sites maliciosos.
  9. Cópias de segurança: você já pensou o quanto são úteis? Seja precavido e aprenda a fazer cópias de segurança (ou backup em inglês). Não leva muito tempo e ainda poderá evitar desgostos e maus momentos.
  10. Senhas: na maioria das vezes a senha é a única barreira entre nossos dados confidenciais e os cibercriminosos, por isso vale à pena investir um pouco de tempo para gerenciá-las de maneira eficaz.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MENU
Leer entrada anterior
Decálogo de segurança

Oferecemos-lhe um decálogo para manter o controle de segurança no nosso uso diário de Internet, publicado pelo Escritório de Segurança...

Cerrar