Infografias: Quando a informação se torna arte

Vivemos rodeados de dados e conceitos complexos. A sua visualização constitui uma forma de simplificá-los e aproximá-los do público. Para este efeito, o instrumento mais eficaz é a infografia, que permite representar visualmente os dados com o objetivo de facilitar a sua compreensão.

Esta disciplina, que tem na sua base ferramentas de análise quantitativa retiradas diretamente das ciências sociais, constrói representações visuais a partir de dados concretos, mostrando a informação ao utilizador de uma forma clara, eficaz, fidedigna e, ao mesmo tempo, com uma estética cuidada e apelativa. Deste modo, bastará uma leitura rápida e agradável para consultar os dados mais relevantes de um estudo ou relatório cuja leitura textual seria mais lenta e muito menos apelativa.

Num mundo dominado pela informação como é o nosso, em que gostamos de ficar a par de tudo com rapidez, um instrumento como a infografia é uma mais-valia. Sobretudo para os meios de comunicação social que, embora já a utilizassem nas suas edições impressas, a adaptaram como uma técnica habitual nas suas edições digitais, onde o multimédia é soberano e o utilizador exige mais rapidez e precisão.

Seguidamente, deixamos uma apresentação em que são mostrados os pontos mais relevantes no processo de criação de representações de dados.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MENU
Leer entrada anterior
Inovação Aberta: a aposta pelo externo

"Você se recicla ou morre”. Que empresa ou organização não ouviu esta frase? Provavelmente não muitas. Não há dúvida de...

Cerrar