Mapa das redes sociais na Ibero-América

Apesar de utilizarmos o termo “redes sociais” de uma forma geral, cada rede social é diferente e é usada para fins distintos. Esta forma de cultura digital conta com milhões de pessoas que conseguem assim encontrar na Internet uma via para expressarem os seus interesses e propósitos.

É preciso realizar numerosos estudos, cada vez com mais frequência, para termos uma ideia desta tendência crescente de participação digital. Hoje, temos para lhe mostrar uma infografia realizada pela iRedes, na sua edição de 2012, que apresenta os serviços mais populares na Ibero-América, de acordo com o número de contas e usuários. Esta infografia oferece uma perspetiva muito clara das redes mais usadas nos países de expressão espanhola, estabelecendo um código de cores segundo o tipo de rede a que se refere. É preciso ter em conta que os dados de usuários que são mostrados para cada rede não correspondem apenas a usuários ibero-americanos, mas que se referem à população em geral.

As redes sociais mais populares são, segundo a sua categoria, as redes que estão orientadas para usos gerais, sendo as protagonistas as mesmas que são dominantes noutras regiões do mundo: o Facebook e o Twitter.

Logo a seguir às redes “generalistas”, temos as redes sociais orientadas para a partilha de vídeos, sendo que temos de destacar o YouTube como líder da sua categoria e a entrada em cena do Flixster, que apresentou um crescimento notável.

Logotipo da rede social espanhola Tuenti

O tipo de rede social que ocupa o terceiro lugar em termos de popularidade é o que está relacionado com negócios, com o Linkedin, o Viadeo e o Xing nos primeiros lugares. Estas redes são seguidas de muito perto pelas redes sociais orientadas para encontros e onde o Badoo e o Zoosk são as que mais se destacam.

Em quinto lugar, surgem as redes orientadas para a música e o MySpace continua na liderança, apesar de ter perdido um grande número de usuários para as suas concorrentes, Last.fm, Spotify e SoundCloud.

As redes sociais dedicadas à fotografia ocupam o sexto lugar, com o Flickr e o Fotolog nas posições cimeiras. Destaque para o rápido crescimento do Instagram.

Logotipo da rede social argentina Sonico

As redes sociais dedicadas à geolocalização e as que funcionam como redes agregadoras ocupam o sétimo e o oitavo lugar, respetivamente. Foursquare dita as normas para as primeiras e a Delicious para as segundas.

Por fim, mais de 70 milhões de usuários globais estão registados numa multitude de redes temáticas (de culinária, de turismo, de video games, entre outras) e onde se destaca de entre todas a rede de viagens Tripadvisor.

Logotipo da rede social colombiana Laneros

Se mostrássemos apenas as redes sociais criadas em países ibero-americanos, teríamos de destacar na categoria de redes generalistas a argentina Sonico, com 50 milhões de usuários, seguida da espanhola Tuenti, com 13 milhões de usuários e, a uma distância considerável, a chilena Gnewbook, com 5000 membros.

Zonacitas, a rede argentina dedicada a encontros, e a colombiana Laneros, que se dedicava inicialmente aos video games e que agora trata de tecnologia em geral, partilham lugares de destaque, com 500 000 membros cada uma.

Web da rede social Zonacitas.com

Os postos seguintes são ocupados por outras redes, todas elas espanholas, de categorias diversas. Como as redes dedicadas a desportos motorizados, das quais se destacam a Forocoches (578 000 usuários), a Moterus (40 000) e a Ebuga (16 000); as redes agregadoras Bitácoras (200 000) e Menéame (140 000); as redes dedicadas ao turismo, minube (120 000) e TopRural (46 000, vendido recentemente para a estadounidense Home Away); a rede dedicada ao mundo do cinema Filmaffinity, que tem 250 000 usuários; a Ideas4All (167 237), para partilhar ideias, e a rede de serviços 11870 (70 000).

Não há dúvida de que as redes sociais permitiram passar da Sociedade da Informação para a Sociedade de Conversação. Você faz parte dessa mudança?

A segunda versão do Mapa das Redes Sociais foi elaborada por Chiqui Esteban, Diretor de Novas Narrativas de lainformacion.com e criador de This is Visual, com documentação de Miguel Jorge, jornalista de Gentedigital.es e autor do iBlog.

 

Martha Jiménez
Editora General Contenidos Digitales
Santillana Venezuela
@profesoraMartha

Comments are closed.

MENU
Leer entrada anterior
10 factos estatísticos sobre a Internet

São números incríveis: De acordo com as previsões, é esperado que o volume de tráfego de navegação na Internet e...

Cerrar