O que esperamos de um e-mail enquanto usuários?

Conhecer as expectativas do usuário é algo que nos dá mais possibilidades de acertar no conteúdo e na estrutura das comunicações por e-mail.

A companhia Blue Hornet realizou no ano passado um estudo para conhecer precisamente esta perspetiva e esta é uma das opiniões dos inquiridos: «O e-mail me permite encontrar as melhores ofertas; posso aceder de forma direta e rápida ao que quero; é importante que o e-mail tenha uma estrutura e design adequados, para que possamos ver tudo de uma só assentada».

Pode escutar mais opiniões neste vídeo:



Também assinalam os aspetos negativos do e-mail e quase todos estão de acordo: o grande volume e frequência de envios comerciais, assim como a falta de relevância: «detesto que me enviem e-mails que não pedi ou que não têm nada a ver com os meus interesses».

Os 5 ingredientes da receita ideal

Podemos então retirar deste estudo a receita do e-mail marketing ideal, o que os usuários esperam receber:

Como ingrediente principal: Um conteúdo com valor. Quando o usuário fornece os seus dados, espera obter algo em troca, normalmente uma oferta especial ou um desconto. Algo tão simples e tão apreciado pelo destinatário, que deve atender também a uma estratégia prévia e responder a uma linha de ação coerente por parte da marca. O usuário deseja um conteúdo relevante e personalizado, de acordo com as necessidades que tenha num determinado momento.

Além disso, um e-mail eficaz também deve ter estas características:

  • Uma estrutura adequada, para que se visualize corretamente no celular: neste estudo, quase 85% dos participantes utilizam dispositivos móveis para consultar os seus e-mails. Além disso, também avaliam muito positivamente a possibilidade de usar o celular para usufruir de descontos e cupões.
  • Um programa relevante e em sintonia com a marca: receber uma mensagem de boas-vindas e assuntos que sejam chamativos ou estejam alinhados com o seu comportamento de consumo são dois dos pontos que se destacam neste item. Além disso, a marca tem um papel muito importante, pois os consultados afirmam que têm muito mais tendência a abrir e-mails de empresas conhecidas com as quais já tenham tido algum tipo de relação. Criar um ambiente de confiança entre a marca e o usuário ou comprador é fundamental para o êxito da estratégia de e-mail.
  • Uma segmentação adequada: para oferecer conteúdos ou produtos que se adaptem aos gostos e interesses dos destinatários. Práticas como o envio de ofertas baseadas na geolocalização através de dispositivos móveis ou o remarketing (enviar ofertas de produtos que o usuário já tinha visto na página ou os produtos que não chegou a comprar após abandonar o carrinho de compras) podem ser opções a ter em conta sempre que se tenha trabalhado previamente na criação de uma relação de confiança com o usuário.
  • Experiências agradáveis, personalizadas e fáceis de partilhar: voltando ao vídeo inicial, estas foram algumas das respostas à pergunta “O que pediria ao E-mail Marketing?”: «Que o conteúdo seja personalizado de acordo com os meus interesses; Humor; Respeito, ao utilizar o meu endereço eletrônico para o que eu o cedi e para mais nada». Por fim, é importante que o usuário queira repetir e partilhar, que queira continuar recebendo notícias de uma marca que se interessa pelas suas necessidades.

Bárbara Maregil
Gestora de proyectos de Email Marketing
PRISA

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MENU
Leer entrada anterior
Projection Mapping: as futuras máscaras cênicas

As máscaras estão ligadas ao teatro praticamente desde as suas origens na Antiguidade. Dramaturgos gregos como ÉsquiloeSófoclesutilizaram-nas com o objetivo...

Cerrar