Se decidir ler os termos e condições das suas apps, demorará mais de 24 horas

Este vídeo que temos hoje para si é só uma paródia sobre a pouca importância que damos ao ato de aceitar os termos e condições que nos exige uma aplicação móvel ou qualquer outro serviço da Internet. É certo que uma grande parte de nós se preocupa com o que estamos a aceitar, mas não temos tempo nem vontade de ler o texto e pensamos que, se já o fizemos doutras vezes e não aconteceu nada, mais vale seguir em frente. Mas todos sabemos que estamos a permitir que essas aplicações façam um uso da nossa privacidade que vai além do que permitiríamos.

Ora bem, o Gabinete do Consumidor Norueguês, Forbrukerrådet, demonstrou que a leitura dos termos e condições das aplicações mais habituais de qualquer telemóvel demoraria cerca de 31 horas. O serviço norueguês calculou que um utilizador do país tem, em média, 33 aplicações no seu telemóvel. O número de palavras usadas nos termos e condições ou nas políticas de privacidade associadas a esta quantidade de aplicações excede as 250.000. O que implica mais de 24 horas de leitura ininterrupta.

TerminosyCondicones_850

Para demonstrá-lo, decidiram fazer uma leitura continuada e por turnos das condições de privacidade dessas 33 aplicações e gravar o processo. O gabinete de apoio ao consumidor pretende denunciar a forma como estes textos se apresentam, a sua escrita ambígua, a sua enorme extensão e o seu estilo entediante cheio de frases óbvias que acabam por tornar a sua leitura impossível. Faz lembrar os termos em letra pequena que existiam no fim dos contratos, mas o pior é que, agora, é como se fosse tudo letras pequeninas.

Se quiser ver a experiência do Forbrukerrådet basta clicar neste link e apesar de o visionamento ter também efeitos soporíferos, pelo menos a experiência ficará como aviso para a próxima vez que aceitar os termos e condições de um serviço sem lhe dar a importância que realmente tem.

Comments are closed.

MENU
Leer entrada anterior
O Top 25 das profissões digitais

Há já bastante tempo que, se nos aproximarmos de qualquer fórum ou evento de caráter empresarial, o tema mais ouvido...

Cerrar