EL PAÍS, uma emissão histórica de TV online

O passado dia 20 de dezembro não foi apenas um dia histórico porque o panorama político de Espanha mudou radicalmente; foi também o dia em que o jornal EL PAÍS se transformou num canal de televisão online com o especial La Noche Electoral 20-D.

Esta noite de eleições foi o pretexto para, pela primeira vez, o EL PAÍS realizar uma cobertura televisiva em que alcançou uma audiência de cerca de 2 milhões de reproduções e foi o veículo de acompanhamento escolhido dos resultados das eleições em 150 países.

ElPais20D_01

O êxito deste programa contava já com o precedente de El Debate, o programa televisivo online que constituiu um feito importante do jornal na sua aposta na televisão em streaming. Atrás das câmaras, estava a equipa de EL PAÍS Vídeo, encabeçada por Carlos de Vega e que é  a maior aposta do jornal diário para oferecer aos leitores toda a informação da atualidade através de conteúdos audiovisuais de qualidade. Com este especial, demonstraram que não só são capazes de criar vídeos informativos de curta duração como também se aventuram com formatos em direto de longa duração, que é onde uma equipa como esta demonstra o seu profissionalismo.

Mas não foi apenas a equipa do EL PAÍS Vídeo a estar presente neste especial, uma vez que o jornal inteiro tirou proveito do seu potencial e demonstrou a força mediática que a entidade possui. Contou com a participação de meios virais como El Comidista, Mikel López Iturriaga, que nos propôs tapas para a noite dos resultados; El Huffington Post, cuja diretora, Montserrat Domínguez, participou nos debates do programa; ou Verne, cuja responsável, Lucía González, nos explicou porque gostamos tanto de ver fotos de freiras a votar. Todos contribuíram com a sua forma particular de dar sentido às coisas no contexto desta jornada eleitoral.

O traço diferenciador e que aumenta o valor de um programa como este prende-se com o facto de o jornal ter mostrado o trabalho quotidiano dos seus funcionários e colaboradores para que os espetadores pudessem fazer parte de todo esse labor. Através do microfone de Carlos Córdoba, pudemos descobrir do trabalho dos community managers nas redes sociais, cujo hashtag #ELPAIS20D chegou a ser trending topic no Twitter. Também descobrimos a medição de audiências, onde assistimos a um momento recorde em direto. Isto além de aspetos mais tradicionais da produção do jornal, como a reunião de escolha de primeiras páginas, lugar onde nunca antes tinha entrado uma câmara; ou a impressão do jornal nas máquinas.

ElPais20D_04

Neste vídeo que os nossos colegas do EL PAÍS Vídeo prepararam podemos ver todo o envolvimento do jornal num especial como este.

Como se não bastasse, o EL PAÍS contou com o apoio da Cadena SER, que realizou outro feito histórico sem precedentes, uma vez que Pepa Bueno conseguiu reunir quatro dos candidatos uma hora antes do encerramento das urnas para que dessem o seu ponto de vista sobre o dia: Pedro Sánchez, Albert Rivera, Pablo Iglesias e Alberto Garzón.

ElPais20D_05

Além disso, a Cadena SER organizou um evento no Círculo de Bellas Artes de Madrid que serviu de segundo estúdio televisivo e onde as câmaras se ligavam de vez em quando para oferecer em direto as opiniões das numerosas personalidades do mundo da cultura, da política e da sociedade que compareceram no local. Alguns dos intervenientes foram os escritores Rosa Montero e Manuel Vicent,  a cantora Rozalén, o jornalista Josep Ramoneda, o sociólogo Fernando Vallespín e até mesmo o cantor Víctor Manuel, que deu uma nota musical ao evento com a adaptação do tema Desde el Pirulí se ve un país ao momento atual.

Além da cobertura televisiva, o EL PAÍS colocou à disposição dos leitores toda uma série de meios interativos na sua página de Internet, onde é possível aceder a todo o tipo de dados, dos gerais aos locais, sobre o resultado das eleições de 20 de dezembro.

ElPais20D_06

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MENU
Leer entrada anterior
EL PAÍS com o teu futuro

Os seus filhos já sabem que carreira profissional querem seguir? É uma decisão difícil, ainda mais nesta época turbulenta e...

Cerrar