Estudos e Relatórios – Novembro 2015


Estudios_Tit_01

• Tendências Globais

Histórias das TIC na América Latina e nas Caraíbas

Os trabalhos incluídos nesta publicação, editada pela Fundação Telefónica, constituem uma visão sobre o que aconteceu em diversos países da América Latina e das Caraíbas no decurso do processo contínuo de incorporação das tecnologias da informação e da comunicação (TIC) nos seus respetivos contextos.

-

Big data evolution. Forging new corporate capabilities for the long term

O relatório da The Economist Intelligence Unit indica que o conteúdo das conversas corporativas sobre o big data está a passar da excitação inicial ao impacto empresarial esperado a longo prazo.

-

Fintech: explosão de plataformas

A Oracle, em colaboração com a evoca, publicou este estudo cujo objetivo é identificar, classificar e analisar os agentes disruptores que, nos diferentes segmentos de negócio do setor financeiro, estão a transformar o setor. O estudo aprofunda a análise e a catalogação dos principais serviços oferecidos pelas Fintechs, fazendo finca-pé na maneira como estas companhias estão a desenvolver ecossistemas abertos e no papel catalisador da cloud, do mobile e dos dados nas novas plataformas digitais.

Measuring the Information Society Report 2015

O relatório da UIT indica que 3.200 milhões de pessoas estão a partir de agora online, o que representa 43,4% da população mundial, ao passo que o número de assinaturas de serviços móveis ascende a quase 7.100 milhões em todo o mundo e mais de 95% dos habitantes do mundo conseguem aceder a um sinal de telemóvel.

• Negócios

Women’s Entrepreneurship

De acordo com o relatório de GEM, há mais de 650.000 mulheres empreendedoras em Espanha. O relatório indica de 128 milhões de mulheres em todo o mundo estão à frente de empresas consolidadas – desde 2012, o fosso de género diminuiu em 6% – e demonstram elevados níveis de inovação nas suas iniciativas.

-

#emprende_TIC. Pontos-chave para a criação de empresas digitais

O relatório da everis analisa a realidade do empreendedorismo digital espanhol através dos seus protagonistas. Inclui os contributos de especialistas do setor das TIC e de empreendedores digitais, assim como as conclusões obtidas a partir do estudo de 278 iniciativas empreendedoras do setor das TIC, promovidas no seio da Universidade Politécnica de Madrid.

-
• Internet das coisas

Smart Home: Bridging the Islands

O relatório de Arthur D. Lite assinala que o segmento da casa inteligente (smart home) se transformou num mercado significativo para muitos agentes do setor e do ecossistema tecnológico, de fabricantes de equipamento para o lar a companhias de software, prestadores de serviços de telecomunicações, utilities ou companhias de seguros.

Estudo e Guia Metodológico sobre Cidades Inteligentes

O objetivo deste estudo do ONTSI é propor um modelo de Cidade Inteligente a partir do qual se analisa o ponto de partida das localidades espanholas no contexto Smart. Além disso, coloca-se à disposição dos municípios uma série de ferramentas destinadas a promover as sua transformação numa Cidade Inteligente.

As tecnologias IoT dentro da indústria conectada 4.0

O relatório da Escuela de Organización Industrial analisa a situação atual do setor da Internet das Coisas em Espanha e o impacto concreto e potencial no modelo da Indústria 4.0. Além disso, mostra as recomendações dos especialistas do setor para fomentar o seu crescimento no país.

• Transformação

O trabalho num mundo de sistemas inteligentes

Este estudo monográfico, editado pela Fundação Telefónica, realiza uma análise profunda sobre o futuro do mundo do trabalho após o desenvolvimento de robôs e sistemas inteligentes que permitem desempenhar atividades com um elevado nível cognitivo.

-

Digital Testing in Europe: Strategies, Challenges & Measuring Success

O relatório da Pierre Audoin Consultants e da Accenture assinala que, na Europa, 18% das empresas colocaram em marcha estratégias de testing digital, ao passo que 82% continuam sem o fazer. Revela também que a disrupção digital, provocada pelas redes sociais, a mobilidade ou a Internet das Coisas está a incentivar as empresas a reinventar as suas atividades de testing.

O emprego e as qualificações profissionais na indústria das TIC

Este relatório, elaborado por uma equipa do Sindicato da Indústria e da Universidade Politécnica de Madrid, pretende identificar as características do macro-setor das tecnologias da informação e da comunicação, tanto em matéria de emprego como das qualificações que o acompanham, analisando as oportunidades que estas tecnologias oferecem para o desenvolvimento industrial e do emprego em Espanha, propondo atuações adequadas para esses fins.

• Educação

Pontos-chave para o futuro da educação digital

A Rooter, em colaboração com Covadonga Rodrigo, do departamento de Linguagem e  Sistemas Informáticos da UNED, desenvolveu este estudo em que se mostra uma série de tendências que vão marcar a transformação do modelo educativo nos próximos cinco anos, consolidando a estratégia de integração tecnológica no âmbito da educação digital.

Children and parents: Media use and attitudes report 2015

O relatório da Ofcom revela que as crianças com idades compreendidas entre os 8 e os 15 anos dedicam mais do dobro do tempo a atividades online do que sucedia há uma década, ascendendo ao número de mais de cinco horas por semana em 2015. De acordo com o relatório, até mesmo para as crianças que cresceram com a Internet, há muita margem para melhorarem o seu conhecimento e compreensão do mundo digital.

• Conteúdos digitais

Relatório anual do setor dos conteúdos digitais em Espanha

O relatório do ONTSI recolhe as principais tendências e dados estruturais do Setor dos Conteúdos Digitais em Espanha em 2014, mostrando além disso a evolução do mesmo no período de 2009 a 2014.

-

Evolução dos novos modelos de negócio na era digital

O objetivo deste relatório da Dosdoce e da CEDRO é mostrar aos profissionais do mundo do livro – sejam eles editores, agentes, autores, livreiros ou bibliotecários – uma ampla análise sobre os modelos de negócio existentes na Internet para que possam determinar as oportunidades de negócio e os benefícios que cada um deles oferece.

-

• Mobilidade

Mobile Business Trends

O relatório da Ericsson analisa mais de 40 casos de operadores de comunicações móveis de mais de 20 países e assinala que estão a pôr em marcha um número crescente de negócios móveis por diversas vias, tanto capitalizando a rápida ascensão dos dados móveis como explorando novas fontes de receitas.

 • Comércio eletrónico

Estudo sobre o Comércio Eletrónico B2C 2014. Edição de 2015

O estudo do ONTSI analisa a situação do comércio eletrónico B2C com dados do ano de 2014. Entre as suas conclusões, destaca que o comércio eletrónico B2C continua em expansão e que faturou, em 2014, 16.259 milhões de euros, um aumento de 11,3% em relação ao ano de 2013.



Contacto: toyoutomeresearch@prisa.com

MENU